Flagra: homem é visto saindo de Igreja e abandonando filhote de gato em terreno

É difícil de acreditar, mas as filmagens comprovam. Um homem foi flagrado saindo de uma Igreja, do bairro Mata da Praia, em Vitória, carregando um gato e o abandonando em um terreno próximo à rua João Baptista Celestina. O autor das filmagens, o adestrador Leonardo Tschaen, contou que percebeu que o rapaz, ao sair da Igreja, levava o filhote de forma abrupta e por isso resolveu segui-lo. Questionado pela atitude, o homem disse que o animal não podia ficar na igreja e que ele nada poderia fazer. Ação gerou revolta em uma mulher que também passava pelo local.

“Por que você está fazendo isso com o bichinho que apareceu lá (igreja). Ele não apareceu na minha casa. Se fosse na minha casa eu não jogava ele assim não. Agora, apareceu na igreja, um lugar onde vão milhões de pessoas e vocês não podem colocar ele para doação?”, indagou a mulher ao rapaz, que se recusou a dar explicações e foi embora.

Por lei, abandonar animais em logradouros públicos é crime e quem cometê-lo deve ser punido com prisão, multa e perda da guarda do animal, de acordo as leis vigentes. O artigo 32 da Lei 9.605 determina detenção de três meses a 1 ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos ou realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo. A punição é aumentada de um sexto a um terço se ocorrer morte do animal.

Uma nova chance
Sensibilizado, Leonardo Tschaen recolheu o filhote, levando-o para a sua residência. Ele prestou queixa na Prefeitura de Vitória (registro 2017065831) e aguarda as providências. O gato é, na verdade uma fêmea de aproximadamente 3 meses, e já ganhou o nome de Lisa.

“Ela está traumatizada. Foge das pessoas, procura se esconder a todo momento. Como já está sendo adestrada, aos poucos, vai melhorando”, conta Leonardo. O adestrador irá encaminhá-la para um médico veterinário, e, em seguida, para a adoção. Interessados podem entrar em contato com a Revista Bicho SA, através do email bichosa@bichosa.com.br.

Autor do Vídeo: Leonardo Tschaen

Sobre o Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *